Perder barriga após o parto: 6 Dicas práticas e infalíveis!

Perder barriga após o parto. O maior drama das mulheres é como perder barriga após o parto.

É um desafio comum que sempre vejo por aí.

Mas sabia que existem práticas super saudáveis que você pode fazer mesmo na sua casa?

Não há segredo, quando falamos em alimentação saudável.

Somos o que comemos, então se você quer perder barriga após o parto, comece a agir agora mesmo!

As dicas que irei lhe dar aqui, são únicas e exclusivas.

Portanto, é super importante que você preste bem atenção nas instruções.

E se puder, pratique todas as dicas para ter um resultado mais efetivo, combinado?

Perder barriga após o parto. Por que a barriga ainda fica inchada após o parto?

Essa é uma das perguntas mais frequentes.

A maioria das mães de primeira viagem ficam realmente apavoradas com a aparência da barriga após dar à luz.

Nem parece que o bebê saiu de lá e algumas mães até relatam que as pessoas perguntam de quantos meses elas estão.

Neste caso, pode até ser meio constrangedor.

E uma coisa que tenho pra te dizer é que se você não cuidar, ela não irá sumir tão fácil.

É preciso um bom trabalho e muita paciência para voltar ao seu shape antigo.

Tudo no seu corpo mudou após saber da gravidez.

Com o desenvolvimento do feto os músculos de sua barriga foram se transformando para acomodar melhor o bebê.

Seus órgãos também mudaram de posição.

Seu útero cresceu e toda a pele da sua barriga teve muita elasticidade para crescer junto com o bebê.

Imagine toda essa mudança acontecendo, não é de uma hora para outra que tudo voltará ao normal, não é verdade?

Além de tudo isso, você também ganhou um pouco de peso durante o período de gestação.

Então tudo isso deverá ser trabalhado com muito cuidado e paciência.

O período para que a barriguinha volte ao normal depende de mãe para mãe.

Já ouvi relatos de mães que voltaram com apenas 6 meses e outras que levaram mais de 1 ano.

Perder barriga após o parto. (6 passos)

1 – A regra é amamentar

O primeiro benefício de amamentar é que consome muitas calorias, colaborando com a perda de peso.

Outra coisa é que faz com que os músculos do útero se contraiam. E o que isso quer dizer?

Ao amamentar, o corpo libera um componente chamado ocitocina, um hormônio que reage na contração uterina.

Isso faz com que rapidinho seu útero vá retornando ao seu tamanho natural.

Uma das causas da barriga após o parto é justamente o útero inchado.

2 – Ginástica hipopressiva

Já ouviu falar neste tipo de exercício?

Consiste em se sentar com as pernas cruzadas, como se fosse meditar, sabe?

E sugar o ar comprimindo o abdômen, segurando por alguns segundos e soltando lentamente.

Esta é uma técnica utilizada por fisioterapeutas que auxiliam na reabilitação pélvica.

O resultado é surpreendente, ele ajuda a fortalecer e enrijecer os músculos abdominais.

Aliando-se a um bom exercício de respiração para relaxar.

3 – Exercícios físicos

É claro que este item não iria passar desapercebido, afinal, não há barriga que um bom exercício não possa tirar.

Você precisará fortalecer a área abdominal e exercícios localizados serão seus melhores amigos, neste momento.

Os exercícios localizados além de queimarem gordura, ajudam também a combater a flacidez, que também dá as caras após o parto.

Os melhores exercícios indicados para trabalhar bem a área abdominal é a prancha.

Escalada curta, agachamento e a abdominal tradicional.

Perder barriga após o parto

4 – Alimentação

A alimentação também precisa ser trabalhada, se você quiser perder barriga após o parto.

Afinal, de nada adianta se exaustar nos exercícios se você continuar ganhando mais gordura abdominal, muito cuidado com isso!

Prefira cozinhar legumes e vegetais no vapor, além de ser muito mais saudável, preserva o sabor e os nutrientes dos alimentos.

Beba muita água para deixar seu organismo super hidratado.

Outra dica que pode te ajudar muito a ter uma alimentação mais saudável é apostar nos chás, sopas e também sucos detox.

Os sucos naturalmente detox são aliados de uma boa alimentação.

Contêm todas as vitaminas que você e o bebê precisam e ainda te ajuda a perder a incômoda barriguinha.

Aliás, você já ouviu falar do desafio detox?

É um conjunto de técnicas alimentares que promete fazer você ficar livre da barriga em até 7 dias.

Se você ainda não conhece, basta clicar neste link aqui e saber mais informações. 😉

5 – Cinta modeladora funciona?

A questão aqui é moderação.

A cinta modeladora sempre foi indicada, principalmente para perder barriga após o parto cesáreo.

Ela ajuda a remodelar o corpo, a reorganizar os órgãos e também colabora com a melhora da postura.

Optar por cintas sem barbatanas e com compressão moderada de início é a melhor escolha.

As barbatanas podem te deixar muito desconfortável e comprimir muito sua barriga, o que não é o ideal no momento.

Até os 6 meses, que é o período mínimo para que seu corpo comece a voltar ao normal.

Você precisa ter muita cautela e não abusar do uso da cinta modeladora.

6 – Caminhadas

As caminhadas são os primeiros exercícios que as mamães podem se beneficiar muito para perder barriga após o parto.

Os outros exercícios, como a abdominal tradicional, são mais indicados após os primeiros 6 meses.

Mas você pode iniciar a queima de calorias dando umas voltas com o bebê no parque, o que acha?

Uma técnica que aprendi que é super eficiente é ir comprimindo o abdômen durante a caminhada.

Comece bem leve e vá comprimindo o máximo que você conseguir.

Desta maneira, você estará caminhando e fazendo leves abdominais. 😉

E aí, após estas dicas você está um pouco mais animada para começar a perder barriga após o parto?

Não deixe de voltar aqui depois para me contar se o resultado foi eficaz, combinado?

 

Olá sou Tereza Alves, e irei te ajudar a Viver com mais Saúde e Bem Estar!

Tereza

Tereza

Apaixonada por alimentação saudável, sou Tereza Alves e criei o Blog “Te Digital” promovendo saúde e bem-estar para ajudar pessoas que querem emagrecer rápido e com saúde.

Website: http://tedigital.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *